Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mamã e a Xiquita

O blog que olha para a maternidade sem grandes filtros.

A Mamã e a Xiquita

O blog que olha para a maternidade sem grandes filtros.

06
Jun17

Leucemia...

A Mamã

20170605_151910.jpg

E hoje porque o blog faz anos, decidi tocar num tema mais delicado.

O cancro na infância.
A cada novo ano aparecem entre 300 a 400 novos casos só em Portugal.
 
Infelizmente não há muito que nós comuns mortais que não somos médicos nem cientistas, possamos fazer quanto a isso... Mas...
No caso das leucemias sim podemos!!!
Podemos tornar-nos dadores de medula.!
 
Basta corrermos o nosso feed de notícias no Facebook e com certeza vamos dar de caras com uma ou outra página de uma criança a sofrer dessa maldita doença...
Vou-vos ser muito sincera, já há muitos anos que andava para me tornar dadora de medula, mas por falta de tempo, ou preguiça mesmo, nunca o tinha feito.
Mas FELIZMENTE a maternidade, veio mudar isso! Como é que eu sou capaz de ter preguiça de ir tirar um bocadinho de nada de sangue, quando há crianças a morrer ou a sofrerem tratamentos horríveis à espera que apareça a pessoa, a tal, que lhe irá salvar a vida.
 
Para além de que, me pus a pensar, e se fosse a Francisca? 
Se fosse a minha filha a precisar?
O que mais queria era que toda a gente espalhada pelo mundo se tornasse dador, para a possibilidade de encontrar alguém compatível fosse maior.
 
Então levantei o rabo e pus-me a caminho do hospital!
E acreditem não custa nada! Só têm de preencher um papel e tirar um pouquinho de sangue e ficam automaticamente inscritos.
Acreditem que saí daquele hospital bem mais leve, e com a consciência de que posso vir a salvar a vida de alguém!
 
Não é bom sabermos que nos podemos tornar o super herói, de alguma criança, ou até mesmo adulto?
Podemos oferecer a alguém o melhor que existe: a oportunidade de viver!!!
 
Às meninas que já são dadoras, os meus PARABÉNS pela bonita atitude!
Às que não são, vamos lá a mexer esses rabos jeitosos, e ponham-se a caminho do hospital!
 
Hoje por eles, e nunca sabemos se amanhã por nós!
 
❤ 

2 comentários

Comentar post