Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mamã e a Xiquita

O blog que olha para a maternidade sem grandes filtros.

A Mamã e a Xiquita

O blog que olha para a maternidade sem grandes filtros.

21
Jun16

Competição de mães

A Mamã

20160621_102606

E se há algo que me faz muita confusão, são as rivalidades entre as mamãs deste mundo. Sim! Rivalidades! Nós sabemos que em tudo na vida há escolhas, e não somos mais nem menos independentemente do caminho que decidimos seguir. Mas na maternidade isso é vivido de forma muito intensa , por sermos mães somos julgadas de forma mais agressiva .

E o mais estranho, é que somos julgadas por outras mães. Em vez de nos unirmos todas, visto que todas sabemos o quão difícil é a maternidade. Não! Vamos todas criticar a próxima. Sinceramente não entendo.

Parece que há um ranking das melhores mães. E que todas andam a competir pelo troféu . Então vamos lá:

Não fez exercício durante a gravidez = 0 pontos  Fez exercício = 10 pontos

Cesariana = 0 pontos  Parto Normal = 10 pontos

Não amamentou = 0 pontos  Amamentou = 10 pontos

Dá os pacotinhos de fruta = 0 pontos  Coze fruta em casa = 10 pontos

Se não trabalha = 0 pontos  Se trabalha = 10 pontos 

Pois é mamãs, se me seguisse por esta pequena lista, provavelmente só tinha uns 10 pontos. Ficava no fim do ranking.

O meu parto foi cesariana de urgência, como já expliquei noutro post, não amamentei porque infelizmente o leite secou. Mas ninguém percebe, há sempre quem venha criticar sem sequer saber o porquê. Mesmo que fosse por opção minha, ninguém tem o direito de criticar.

Escolhi ficar em casa com a Francisca, porque felizmente me posso dar a esse luxo, mas se tivesse que ir trabalhar também ia.

Não entendo o porquê destas rivalidades, e de algumas mamãs se acharem mais que outras por isto ou por aquilo. Andam a competir pelo quê?

Escrevi este post porque sinceramente fartei me de ser criticada, e não quero competir.

Os nossos melhores troféus já os temos. Os nossos filhos. Esses não trocamos por nada deste mundo.Se já ganhámos, porquê tanta competição?

Independentemente do tipo de parto, se amamentou ou não, e de mais uma série de coisas, somos todas mães.

Todas sabemos das dificuldades da maternidade, então não será melhor apoiarmo-nos?

Fica o desejo que haja mais amor em vez de críticas.

Um beijo ❤ 

20 comentários

Comentar post

Pág. 2/2