Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mamã e a Xiquita

O blog que olha para a maternidade sem grandes filtros.

A Mamã e a Xiquita

O blog que olha para a maternidade sem grandes filtros.

02
Jul16

FIA

A Mamã

Hoje fomos passear até à Feira Internacional de Artesanato.

Venho só dizer-vos que tem coisas lindas! Encontram de tudo! E da variedade da gastronomia é melhor nem falar. Se estivesse cá o ano todo provavelmente iria engordar uns bons quilos. 

E claro a Xiquita adorou andar no meio daquela gente toda. Dizia olá a todas as pessoas que passavam. E claro que acabou por ter miminhos de todos.

A mãe claro ficou toda "babada" a ver a menina toda feliz!

Deixo-vos algumas fotos.

 

20160702_191135.jpg

20160702_191116.jpg

20160702_183539.jpg

20160702_183536.jpg

20160702_203129.jpg

 

20160702_202754.jpg

 

02
Jul16

Lembranças de infância

A Mamã

20160702_105837.jpg

 Vão-me dizer que eu sou maluca, mas às vezes dou por mim a pensar que lembranças é que a Xiquita vai guardar de mim.

Será que se vai lembrar dos dias que passa comigo? Das brincadeiras que tenho com ela? Das enchentes de miminhos que lhe dou? De a encher de beijos? Das palhaçadas que faço para ela não chorar? De me ver sem paciência? De dormir com os papás?

Será que lá para a frente estas lembranças vão ser especiais?

Olho para trás e adorava ter mais lembranças da minha infância. Adorava ter mais recordações guardadas na memória. Mas infelizmente o tempo faz com que nos esqueçamos de muita coisa.

Lembro-me da minha mãe fazer roupinha para as minhas barbies. Lembro-me de ela ver centenas de vezes uma cassete de vídeo com o desenho animado Denver (não sei se são desse tempo, era um dinossauro delicioso), só porque eu queria. "Coitada", a minha mãe já sabia as falas todas de tanto ver aquilo. Lembro-me que todos os domingos de Páscoa, lá ia eu e a minha mãe para o jardim zoológico. Páscoa não era Páscoa se não fosse lá.

Tenho pena que o tempo apague muita coisa. Fico triste ao pensar que o tempo vai levar quase todas as memórias da Francisca. Fico a pensar nas saudades que vou sentir deste tempo.

A vontade que esta altura dure para sempre é que me faz perceber a importância de cada momento com ela.

Espero que nunca me perca em coisas que não importam e que não deixe de dar a atenção que a minha Xiquita precisa.

A casa, as saídas, os problemas podem esperar. Não concordam?

Temos de aproveitar cada segundo com os nossos filhos. Percam-se em beijos, brincadeiras e miminhos bons...

E enquanto o futuro não chega, tratem de criar as melhores lembranças para os vocês e para os vossos pequenos.

Um beijo já cheio de saudades deste tempo❤